14

A Desvalorização dos Educadores e a reforma na educação

Posted by Rander Ariel. on 17.5.10
As duas frases chave deste texto é :
"Como pode uma sociedade valorizar muito mais quem PUNE do que quem EDUCA?"
" Se começarmos a mudar o foco da educação para reflexão social, haverá um progresso geral"

A base de uma sociedade pensante, progressista e justa é a educação. Nosso sistema de educação hoje em dia é muito falho, sobretudo em como EDUCAR as crianças e os adolescentes. Muitas vezes passamos anos aprendendo o que é um átomo e não passamos nem 10 minutos se quer aprendendo a pensar sobre a sociedade atual, seus problemas ou o planeta social onde estamos inseridos. 
Nossos jovens saem da escola totalmente despreparados e imaturos comportamentalmente. Não sabem o mundo que irá encontrar lá fora. Passamos anos e anos aprendendo o que é uma molécula e não gastamos 1 minutos sobre o comportamento social ou o que está acontecendo em nosso mundo para estimular soluções ou pensamentos críticos sociais. Saímos da escola totalmente engessado ou sem conhecer o teatro social que nos aguarda da vida adulta. 
Toda e qualquer mudança sempre tem o primeiro passo, e através da educação esta caminhada é dada. Se começarmos a mudar o foco da educação para reflexão social, certamente haverá um progresso maior em nosso país. A educação ensina os jovens e crianças a resolverem problemas de matemática, mas não seus problemas existenciais. Ensina-os a enfrentarem as provas escolares, mas não as provas da vida: as rejeições, as angústias, as dificuldades e as adversidades. A escola ensina as regras da língua portuguesa ou inglesa mas não ensina ou induz ao pensamento crítico e ao dialogo. A educação hoje em dia não forma mais críticos sociais ou pensadores. Eles ficam totalmente presos ou envergonhados de exporem ou exercerem a crítica ou seu pensamento. Não é somente as escolas que tem essa obrigação, mas os próprios pais, a TV e a sociedade em geral.

Entretanto, é uma mudança que deve e tem que ter seu início imediato. Hoje a nossa sociedade valoriza muito mais aqueles que tem o poder de JULGAR do que quem trabalha para EDUCAR. Os baixos salários aos educadores são fatores de desmotivação e rejeição de possíveis novos professores. Hoje um professor antes de tudo tem que AMAR a profissão muito para poder exercer, pois, além da desvalorização social que eles sofrem, tem a desvalorização salarial. A profissão de educadores não é menos importante do que nenhuma outra, muito pelo contrário, ela é a base da sociedade. Quase todos nós somos formados SOCIALMENTE através de professores. Porém, o foco da educação deve mudar, ela deve e tem que formar cidadãos e não apenas alunos. 

Ou seja, são dois pontos importantes neste texto :
1º Mudança de foco da Educação para reflexão social;
2º Valorizar os educadores tanto socialmente quanto economicamente.

O Primeiro trata de uma reforma no sistema educacional, com o intuito de formar cidadãos críticos e pensantes para progredir a sociedade e diminuir os problemas sociais, e o segundo é dar o devido valor aos educadores para que haja uma melhora no sistema e possa haver a mudança de foco da educação.

Concluindo 

É um crime educacional os alunos gastarem anos conhecendo o pequeno átomo que jamais verão e o imenso espaço que jamais pisarão e não gastarem minutos conhecendo o planeta psíquico que pulsa dentro deles e o planeta social que pulsa fora.
Eles devem aprender como se forma o pensamento e como se formam os pensadores, como atuar em seu psiquismo e como atuar no teatro social.



" Rander Ariel"

Links para esta postagem |

Copyright © 2009 Reunião das ideias maltrapilhas All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive. Distribuído por Templates