4

A mulher é um efeito deslumbrante da natureza.

Posted by Rander Ariel. on 11.6.08
A beleza da mulher não se explica apenas se admira com a alma


Participe...



Mulher, a mais bela arte...


Apenas em torno de uma mulher que ama se pode formar uma família.




Mulher, a mais bela criatura


Mulher teus olhos são meus livros




Mulher, 1º Maravilha do Mundo



A mulher que amamos sempre terá razão



Toda Mulher deve ser amada

As mulheres constituem a metade mais bela do mundo.






As Brasileiras...


TODA mulher é especial






Links para esta postagem |
8

Uberaba - Minas Gerais

Posted by Rander Ariel. on 10.6.08

História de Uberaba - Nossa Querida Uberaba




Nossa adorada Uberaba 
-
Uberaba é um município brasileiro do estado de Minas Gerais, na região do Triângulo Mineiro. Sua população, segundo estimativa do IBGE em 2009, é de 296.261 habitantes. A cidade conta com um dos maiores polos industriais do Brasil e o 3° maior de Minas Gerais, está em 8° lugar nas cidades mais populosas de Minas Gerais e a 3° maior em extensão. É uma das cidades que mais crescem no Brasil, contando com mais de 135 bairros. Segundo alguns autores, o topônimo "Uberaba", nome de um rio do município, origina-se do termo tupi "Y-berab" que quer dizer "água clara" ou "rio brilhante".

Fundação 1809 (201 anos)
Fundação Município 1820 (190 anos)
Gentílico uberabense
Lema Indefesse pro Brasilia!
"Incansável na defesa do Brasil

"Prefeito(a) Anderson Adauto (PMDB)
(2009 – 2012)
-
Bandeira

-
Unidade federativa Minas Gerais
Mesorregião Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba IBGE/2008
Municípios limítrofes Indianópolis (N), Nova Ponte, Sacramento (L), Conquista, Delta (SE), Igarapava, Aramina, Miguelópolis (S), Água Comprida, Conceição das Alagoas (SO), Uberlândia (NO), e Veríssimo (O).
Distância até a capital 481 km

Características geográficas

Área 4.512,135 km²
População 296.261 hab. est. IBGE/2009
Densidade 64,8 hab./km²
Altitude 823 m
Clima tropical de altitude

-


Indicadores
IDH 0,834 elevado PNUD/2000
PIB R$ 5.427.678 mil (BR: 72º) - IBGE/2006
PIB per capita R$ 18.862,00 IBGE/2006

História de Uberaba

A povoação foi fundada, em 1809, pelo sargento-mor comandante da Companhia de Ordenanças do Distrito do Julgado do Desemboque da Capitania de Goiás, Antônio Eustáquio da Silva e Oliveira. O Julgado do Desemboque correspondia ao atual Triângulo Mineiro menos a região de Araxá que foi elevada a julgado, em 1811, desmembrada do Julgado do Desemboque.

A primeira casa de Uberaba, construída pelo Sargento-Mór Antônio Eustáquio, localizava-se na atual esquina da Praça Rui Barbosa com a Rua Artur Machado, do lado esquerdo de quem desce a rua Artur Machado.

O Sargento-mor Antônio Eustáquio era oriundo do Distrito de Glaura, pertencente à antiga Vila Rica, atual Ouro Preto, onde seu pai, João da Silva de Oliveira, fora vereador por três mandatos na época da Inconfidência Mineira e capitão comandante de Glaura.

O Sargento-Mor Antônio Eustáquio, buscando desbravar novas terras na região, realizou duas entradas pelo Sertão da Farinha Podre e foi também fundador, entre os anos de 1810 e 1813, do arraial denominado Nossa Senhora do Carmo dos Morrinhos, atual município de Prata.

Da família fundadora do Uberaba, Sargento-mor Antônio Eustáquio, seus irmãos e primos, o descendente mais ilustre é o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, tetraneto do Capitão-General José Manuel da Silva e Oliveira.

Uberaba surgiu pela migração de geralistas, como eram chamados os habitantes das Minas Gerais na época do Brasil Colônia, os quais deixaram as já esgotadas regiões produtoras de ouro, porém fracas para agricultura, da Capitania de Minas e de Goiás (Desemboque), em busca de terras férteis para se estabelecerem como agricultores e pecuaristas.

Entre estes pioneiros, além dos Silva e Oliveira, estavam, entre outros, os Rodrigues da Cunha originários da Vila de Queluz, atual Conselheiro Lafaiete, e os Bernardes da Silveira, Rodrigues Gondim e Alves Gondim vindos de Formiga (Minas Gerais)
O local onde se instalou o Arraial de Uberaba, inicialmente denominado sertão da Farinha Podre, às margens do Córrego das Lages, foi escolhido por existirem, naquela área, formadas por seis colinas (Boa Vista, Estados Unidos, da Matriz, Cuiabá, Barro Preto e a colina da Misericórdia), grande quantidade de nascentes de córregos no alto destas colinas. Sendo que as primeiras "moradas de casas", como se dizia na época, foram construídas próximas às nascentes destes córregos.

As terras do novo arraial pertenciam à Fazenda das Toldas, ainda existente, e foram doadas, em 1812, por seu proprietário Tristão de Castro Guimarães.

O "Arraial" de Uberaba, na época pertencente ao Julgado do Desemboque, Capitania de Goiás, foi elevado à condição de "Distrito de Índios" em 13 de fevereiro de 1811.

Em 1816, a região do Triângulo Mineiro, que na época compreendia o "Julgado do Desemboque" (onde Uberaba se encontra) e o "Julgado do Araxá", deixou de pertencer à Capitania de Goiás e foi anexada à Capitania de Minas Gerais.

Estes dois julgados (Desemboque e Araxá) ficaram pertencendo à Vila e comarca de Paracatu do Príncipe. A comarca de Paracatu foi criada em 1815.

O Sargento-Mor Eustáquio pediu e conseguiu de D. João VI a elevação de Uberaba à categoria de freguesia em 2 de março de 1820 com o nome de Freguesia de Santo Antônio e São Sebastião do Uberaba, desmembrada da Freguesia do Desemboque.

Em 1831 é criada a Vila de Araxá, a qual Uberaba fez parte até sua emancipação política em 1836.
O sargento-mor Antônio Eustáquio foi o líder político de Uberaba até sua morte em 1832, quando assumiu o seu lugar, seu irmão Capitão Domingos da Silva e Oliveira que foi o líder político de Uberaba até sua morte em 1852, e, que conseguiu, em 1836, a emancipação política de Uberaba, então pertencente à Vila de Araxá. O Capitão Domingos havia trabalhado, também, em 1831, para a elevação de Araxá à categoria de vila.

Em 22 de fevereiro de 1836, pela lei mineira número 28, Uberaba foi elevada à categoria de município, a Vila de Uberaba, desmembrando-se de Araxá. Em 7 de janeiro de 1837, é instalada a Câmara Municipal, tomando posse os primeiros vereadores, tendo o Capitão Domingos como seu primeiro presidente. Esta lei número 28 também extinguiu o julgado do Desemboque e o anexou ao município de Araxá.
Em 1840, Uberaba é elevada à categoria de comarca, a Comarca do Paraná, desmembrada da comarca de Paracatu.

Uberaba é elevada da categoria de vila à categoria de cidade em 2 de maio de 1856.
Uberaba, na Guerra do Paraguai, foi passagem das tropas federais, e recebeu o Visconde de Taunay, que assim descreveu a paisagem ao redor de Uberaba:
“-Inúmeros regatos, córregos, ribeirões e possantes rios, semeado de flores, com um sem número de pássaros, aves e animais, todos esquivos e que mal se enxergam escondidos nas matas e capões, inçados de cobras de veneno virulentíssimo, cascavéis, jararacuçus, urutus, todas ariscas, fugitivas, e que só causam dano quando se tem a infelicidade de pisá-las e magoá-las.”

Na década de 1870, criadores de Uberaba introduzem o gado zebu no Brasil.
Em 1906 tem início as exposições de gado bovino. Exposições que foram muito prestigiadas pelo Dr. Getúlio Vargas, nas décadas de 1930 a 1950.
Em 29 de setembro de 1907 é criada a Diocese de Uberaba, elevada à categoria de arquidiocese e sede metropolitana em 14 de abril de 1962.
Durante a Revolução de 1924, uma comissão de líderes políticos uberabenses encontra, em Mogi Mirim, o líder tenentista João Cabanas e lhe oferece dinheiro, armas e tropas para que ele e a sua coluna, chamada Coluna da Morte, rumarem para o Uberaba, onde Cabanas proclamaria a criação do "Estado do Triângulo", antiga reivindicação da região, e partirem, em seguida, para Belo Horizonte, para depor o governo mineiro. O tenente João Cabanas conta em seu livro "A Coluna da Morte" que aceitou a proposta, mas, enquanto fazia os preparativos para a partida para Uberaba, pela Companhia Mogiana de Estradas de Ferro, chegaram ordens do comando revolucionário para a Coluna da Morte partir em retirada para o atual Mato Grosso do Sul.
Durante a Revolução de 1932 foram travados combates entre mineiros e paulistas na fronteira com o estado São Paulo, na "Ponte do Delta", que ligava Uberaba ao estado de São Paulo. Uberabenses, liderados por Roberto de Genari, constroem um carro blindado para enfrentar os paulistas na "Ponte do Delta".

Na década de 1940, começam a serem encontrados fósseis de animais pré-históricos na região da antiga Estação de Trem de Peirópolis.
Em 1946, o escritor Monteiro Lobato passou por Uberaba e fez um discurso da Campanha O Petróleo é Nosso.

Durante a elaboração da Constituição de 1946, nos debates da Assembleia Nacional Constituinte, o deputado federal mineiro Juscelino Kubitschek propõe a construção da nova capital do Brasil no Triângulo Mineiro.

Getúlio diz:

Quero que saibam que lhes vou dizer as coisas na linguagem simples de companheiro! Nossa conversa será no jeito e estilo daqueles que os fazendeiros costumam fazer de pé, junto á porteira do curral. Lutando contra opiniões que combatiam a introdução do gado zebu no Brasil, os fazendeiros do Triângulo Mineiro apoiados exclusivamente no seu próprio trabalho e nos seus próprios recursos arrostaram todos os percalços da tremenda luta que se feriu, e que, afinal, lhes conferiu incontestada vitória. De então para cá, o Brasil Central passou a ter expressão econômica, transformando-o de uma vasta solidão inaproveitada, que era então, no grande reduto econômico e francamente ativo da atualidade.

Em 24 de abril de 1952, ocorre uma revolta em Uberaba contra os altos impostos cobrados pelo governo estadual chefiado por Juscelino Kubitschek. O edifício da Coletoria Estadual é destruído, assim como os postos de cobrança de impostos nas entradas da cidade. A revolta só terminou com a chegada de tropas do 4º Batalhão de Caçadores, vindas de Belo Horizonte, de avião, e que ocuparam as ruas do centro de Uberaba portando metralhadoras. A revolta foi notícia no New York Times.

Logo em seguida, procurando se reconciliar com os uberabenses, o governador Juscelino cria a Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro e a instala no edifício onde funcionava a Cadeia de Uberaba.

Em 1956, em Uberaba, acontecem grandes comemorações em homenagem ao seu primeiro centenário de elevação à categoria de cidade.
Em 1957, a senhora Aparecida Conceição Ferreira, a "Dona Cida", funda o "Hospital do Fogo Selvagem", referência nacional no tratamento do pênfigo foliáceo.
Em 1959, fixa residência em Uberaba, o médium Chico Xavier que se tornaria o mais conhecido dos médiuns brasileiros.
A construção de Brasília deu um impulso ao desenvolvimento de Uberaba. Assim, em 1959, a lei federal nº 3.613, de 12 de agosto, assinada pelo presidente Juscelino, ordena que seja implantada e pavimentada, uma rodovia ligando Limeira a Brasília, passando por Uberaba (de São Paulo a Limeira já existia uma rodovia asfaltada). Em junho de 1961, o asfalto chega à divisa São Paulo-Minas Gerais, em Igarapava, e, em 1965, a pavimentação asfáltica da BR-050, entre Uberaba e Uberlândia, é inaugurada pelo presidente da república Humberto de Alencar Castelo Branco.
Política 
O atual prefeito de Uberaba é Anderson Adauto, (filiado ao PMDB), eleito em 2004 com a maior votação da história da cidade, em substituição a Odo Adão (PSDB), vice-prefeito que assumiu o cargo de prefeito com a renúncia de Marcos Montes (DEM) eleito deputado federal. Anderson já completa dois mantados, junto a seu vice, Paulo Mesquita (PR).
O atual presidente da Câmara Municipal de Uberaba, reeleito para o biênio 2009/2010, é Lourival dos Santos (PCdoB).

Geografia

Distância (km)
Barretos: 125
Franca: 125
Frutal: 130
Araguari:135
Ribeirão Preto: 160
Sertãozinho: 142
Monte Carmelo: 154
Uberlândia: 102
Patrocínio: 185
São José do Rio Preto: 210
Passos: 235
Ituiutaba: 240
Patos de Minas: 250
Araraquara: 250
São Carlos: 265
Limeira: 330
Campinas: 375
Araçatuba: 380
Goiânia: 435
Anápolis: 490
Belo Horizonte: 481
São Paulo: 487
Brasília: 530
Campo Grande: 795
Curitiba: 800
Rio de Janeiro: 830
Curitiba: 922
Porto Alegre: 1.500
Salvador: 1.530
São Luís: 2.507
Fortaleza: 2.810
Manaus: 3.508

Clima

Temperatura média anual 23,0°C (2007)

Temperatura média - das máximas 30,2°C (2007)

Temperatura média - das máximas dos meses mais quentes (jan. fev. mar. abr. set. out. nov. dez.) 31,4°C (2007)

Temperatura média - das mínimas 17,6°C (2007)

Temperatura Média - das mínimas dos meses mais frios (maio/junho/julho) 13,6°C (2007)

Temperatura mínima absoluta (ocorrida em 3 de junho de 2009) 3,4°C

Umidade relativa - média anual 64% (2007)

Umidade relativa - meses mais secos (agosto/outubro) – (pico 11% em 28 de setembro de 2004) 57%

Precipitação pluviométrica (total) 1.750,9 mm (2007)

Precipitação pluviométrica - mês mais seco (agosto) 0,5 mm (2007)

Precipitação pluviométrica - mês mais chuvoso (dezembro) 428,8 mm (2007)

Número de dias de chuva 127 (2007)

Quantidade máxima de água/dia (ocorrida em 23 de dezembro de 2004) 80,2 mm
-

Topografia

Faz parte do Planalto Arenítico Basáltico da Bacia do Paraná. O relevo varia de plano ligeiramente ondulado na maioria absoluta de área do município, até fortemente ondulado em pequenas manchas de solos podzólicos. Seu relevo é 60% ondulado e 40% plano.

Infraestrutura

Água e esgoto

99% das residências são abastecidas pela rede pública de água
98% das residências são abastecidas pela rede de esgoto

Energia


99,97% das casas urbanas são ligadas à rede elétrica da CEMIG
98,75% das casas rurais são ligadas à rede elétrica da CEMIG

Mídia

1 telefone para cada 2,5 habitantes

Transporte

98% das vias da cidade são pavimentadas
240.809 unidades é a Frota de Veículos - Outubro 2009
1 veículo para cada 1,7 habitantes

Rodovias

BR-262 (Uberaba/Araxá -Uberaba/Campo Florido)
BR-464 (Liga Conquista a BR 050)
BR-050 (Uberaba/Uberlândia/Brasília -Uberaba/São Paulo totalmente duplicada)
MG-190
MG-798
MG-427 (Uberaba/Agua Comprida - Uberaba/Nova Ponte)

Shopping Uberaba

O Shopping Uberaba foi inalgurado em abril de 1999, e desde essa poca tem sido o centro comercial mais visitado de Uberaba e região. Ele pertence à construtora RCG e à Uniube, e tem um conjunto de lojas âncoras como:Magazine Luíza, Hiper Bretas, Ponto Frio, Casas Bahia e Lojas Americanas. Desde que foi inalgurado ele já passou por algumas obras de ampliação, e já aumentou o número de lojas e salas de cinema.Com a sua última ampliação em 2007, vieram algumas grifes para Uberaba como: Colcci, M.Officer, Spazzio, Bunny's, etc.E agora em 2009 ele ficarmaior, com outra obra de expansão que provavelmente trará para cá as lojas:C&A e RENNER.Embora ele seja muito visitado e muito agradável,eu particularmente não acho que Uberaba tenha um lugar para se chamar de SHOPPING, porque, o Shopping Uberaba, não tem uma estrutura de grande shopping, assim como em SP e RJ, mas mesmo assim é que nos dá um pouco de diversão e entretenimento.
-
Projetos para a cidade
A cidade está se desenvolvendo muito rápido então existem muitos projetos para a cidade como
*Indústria Petrobras de âmonia e Uréia
*Novo Shopping anexo ao Carrefour
*Hospital Regional
*Boate 3 andares - Já construido
*Zona de Processamento de Exportação (ZPE)
*Qualidade e maiores tecnologias no transporte coletivo.
*Expansão do calçadão
*Repaginar a cidade, mudando seu aspecto visual.
(Fonte de algumas informações: Jornal da Manhã)

Transporte coletivo



O sistema de transporte coletivo de Uberaba é prestado sob contrato de concessão por quatro empresas: 
Viação Piracicabana, Coletivos Uberaba, Coletivos Minas Gerais e Líder, operando com 102 linhas urbanas, 8 rurais, 7 intermunicipais, uma vez que Uberaba possui área metropolitana interligada com 7 municípios que atingem uma distancia de ate 47 km. Assim sendo, várias pessoas desses municípios ao em torno de Uberaba se deslocam até Uberaba para trabalho, compras e diversas outras atividades. Atualmente a frota diária de ônibus na cidade e de mais de 170 carros para atender a demanda.




A Cidade possui 15 Terminais de integração distritais ( ou seja nos bairros da cidade ), 2 Terminais Centrais e 1 Estação de Transbordo. E conta também com o Sistema Passe-Fácil que dá direito de 1h00 para realizar integração entre as linhas ( de cores diferentes )sem precisar utilizar os diversos terminais da cidade. Exemplo quem embarca na linha amarela tem direito de 1h de integração utilizando a linha verde, azul, vermelha, branca…Essa integração Passe-Fácil só é válida para quem possui cartão eletrônico de embarque. Para quem paga a passagem em dinheiro deverá utilizar os terminais para ter direito a integração.

Terminais:

Terminal 1 - Bairro Abadia
Terminal 2 - Bairro Abadia ( setor Norte )
Terminal 3 - Conj. Cartafina
Terminal 4 - Bairro Vallim de Mello
Terminal 5 - Cj Volta Grande
Terminal 6 - Bairro São Benedito
Terminal 7 - Bom Retiro
Terminal 8 - Bairro Merces
Terminal 9 - Bairro Santa MAria
Terminal 10 - Bairro Leblon
Terminal 11 - Bairro Olinda
Terminal 12 - BAirro Morada do Sol
Terminal 13 - Bairro Boa Vista Terminal
14 - Bairro Fabricio
Terminal 15 - Bairro Estados Unidos

Terminal Central 1 - Av Leopoldino de Oliveira nº 1016 - região do Pq Mirante. Esse terminal além de receber as linhas urbanas, recebe também todas as linhas coletivas intermunicipais

Terminal Central 2 - Região do Estádio Uberabão - confluência da Leopoldino de Oliveira com a Av Aluisio de Mello. Esse terminal além de receber as linhas urbana, recebe todas as linhas rurais.

Estação de Transbordo "Dr. Otto Bruno - Localizado na Praça dos Correios..Serve de ligação entre os Terminais Centrais 1 e 2 já que ambos ficam em pontos extremos da Av. Leopoldino de Oliveira.

Comunicação

Uberaba conta com vasta quantidade canais de televisão aberta sendo algumas com emissoras na cidade(Band Triângulo, TV Universitária, TV Alterosa e TV Integração) e operadoras de TV por assinatura como NET, Sky, Embratel, OiTV e TV Filme. Os canais abertos são sintonizados:

SBT (TV Alterosa canal 3)

Tv Universitária (canal 5) De Uberaba

Band (Band Triângulo canal 7) De Uberaba

Rede TV (canal 9)

Globo (TV Integração canal 11)De Uberaba

Record (TV Paranaíba canal 13)

Rede Vida (canal 18)

TV Canção Nova (canal 20)

TV Aparecida (canal 22)

TV Assembleia (canal 43)

TV Gazeta (canal 52)

Rede família (canal 54)

Record News (canal 57) De Uberaba

Rádios

Em relação à rádios, Uberaba foi uma das pioneiras em minas a iniciar a transmissão de rádio. Há 40 anos conta com a rádio 7 colinas em AM e FM. Recentemente foi reinaugurada a Rede Jovem Pan FM (a maior rede de rádio do país) após mais de uma década sem operação na cidade.
Sintonizamos em AM:
AM 630 - Rádio JM Difusora (Bandeirantes)
AM 670 - Rádio Uberaba
AM 1120 - Rádio Sete Colinas (Jovem Pan)

Sintonizamos em FM:

FM 93,9 Rádio Zebu
FM 97,1 Rádio Supersom
FM 98,1 Rádio Sete Colinas
FM 102,7 Rádio Mulher
FM 103,7 Rádio Jovem Pan
FM 104,9 Rádio Universitária
Entre outras emissoras com transmissão FM.
Estúdios
Uberaba, conta com 4 estúdios de TV aberta, que é transmitido no triângulo mineiro, centro-oeste Mineiro, Sul de Minas, pontal do triângulo e algumas cidades do estado de Goiás e São Paulo . Entre esses estúdios estão o da Globo (TV Integração), da BAND (Band Triângulo), SBT (TV Alterosa) e TV Universitária . Os dois primeiros, são grandes estúdios onde trabalham os melhores profissionais do estado. O sinal da imagem é em ótima definição.

Sinal Digital

A Globo local (TV Integração) montou o sinal digital para a cidade de Uberaba, no dia 8 de Junho, para todos os habitantes poderem ver a copa 2010 em alta definição . A Band também montou o sinal digital na cidade que inaugurou no dia 5 de Junho.

Rede telefônica

Oi Uberaba - 7 Lojas
Tim- 6 Lojas
Claro Uberaba- 5 Lojas
Vivo- Matriz regional e 7 Lojas
CTBC Uberaba- 5 Lojas
Nextel- 1 Loja



-
Educação

Uberaba é considerada um polo educacional, contando com universidades e faculdades de renome e qualidade, dotadas de infra-estrutura, contam com centros de pesquisas e extensão, onde estudantes de todo o país a elege para sua formação 
profissional.As universidades e faculdades de Uberaba são:

UFTM - Universidade Federal do Triângulo Mineiro
UNIUBE - Universidade de Uberaba
FCETM - Faculdade de Ciências Econômicas do Triângulo Mineiro
FAZU - Faculdades Associadas de Uberaba
CESUBE - Centro de Ensino Superior de Uberaba
IFET - Instituto Federal de Educação Tecnológica do Triângulo Mineiro
UNOPAR - Universidade Norte do Paraná
UNIPAC - Universidade Presidente Antônio Carlos
FACTHUS - Faculdade Talentos Humanos
UNITRI - Universidade do Triângulo
UNIPAR - Universidade Padre Antonio Rocha

Tendo um total de aproximadamente 90 mil alunos matriculados nas instituições de ensino superior pública e privada da cidade.





Escolas
3 Escolas - Federal (20648 alunos)
39 Escolas - Estadual (35710 Alunos)
49 Escolas - Municipal (26142 Alunos)
27 Escolas - Particular ( 6832 Alunos)

Cultura

Uberaba possui vários Teatros, dentre os maiores se destaca o Teatro Municipal Vera Cruz que possui linda arquitetura que remonta meados do século XX. A Biblioteca Municipal Bernardo Guimarães que tem mais cem anos de história e que foi recentemente reformada e construídos anfiteatros e salas de aula. Junto a Biblioteca está a sede da Academia de Letras do Triângulo Mineiro.

Mata do Ipê - Parque com arborização densa e árvores centenárias de madeira de lei, como aroeira,pau- ferro, paineira, jatobá e bálsamo. Possui trilhas de pedra tapiocanga, pontes, bancos, cascatas, minas,lagos. Com gansos e peixes e uma área de lazer de aproximadamente 35.000 m².

Parque do Jacarandá (Zoológico de Uberaba) - Com uma área de 33.000 m² abriga espécies de animais e aves da região do cerrado: lobo guará, tartarugas, jaguatiricas, macacos e outros. Completa infra-estrutura de lazer.

Mata do Carrinho - Mata nativa rica. Possui uma área de 133.000 m², com infra-estrutura de lazer e descanso. É sede do Palácio das Orquídeas, que possui uma vasta variedade de raras orquídeas.

Memorial Chico Xavier - Ainda em construção o complexo chamado de Memorial Chico Xavier, uma preservação da memória do médium-escritor, proporcionando acesso às obras de Chico Xavier, acervo fotográfico, e também irá criar um espaço arte-cultura para exposição de obras de arte em homenagem ao Medium Uberabense. A construção do Memorial prevê a criação de novos empregos, principalmente para a área turística já que pretende atrair visitantes do Brasil e do mundo. A data prevista para inauguração será em 2 de abril de 2010, data esta que o Medium completaria 100 anos de idade.

Parque das Acácias (Piscinão) - Parque com área de 120.000 m² e área verde, com uma infraestrutura para lazer com pista de caminhada, quadras de esporte, parquinho de madeira, pista de skate e quiosques e lanchonetes. O Parque recebe diariamente um número expressivo de visitantes e praticantes de esportes em torno de 20.000 ao mês.


-
Museus
Museu de Arte Sacra (Igreja Santa Rita)- O acervo é rico em peças barrocas dos séculos XVIII e XIX, destacando-se as seções de vestes sacras, estandartes de procissões tais como paramentos, alfaias, imagens e mobiliário.

Museu dos Dinossauros- Conta com grandes fósseis do período cretáceo além do fóssil do Uberabasuchus terrificus

Museu do Zebu

Museu de História Natural "Wilson Estevanovic"

Museu Chico Xavier- A cidade é visitada durante todo o ano por milhares de seguidores de Chico Xavier, grande líder espírita do Brasil, eleito no ano de 2000 “O Mineiro do Século” e falecido a 30 de junho de 2002.

MADA - Museu da Arte Decorativa de Uberaba

Museu Doutor José Maria Reis

Casa José Maria dos Reis- Um minucioso trabalho de restauração permitiu resgatar os afrescos e pinturas do renomado artista Reis Júnior, que lá morou em sua juventude. Outras obras de sua autoria e também de diversos artistas locais integram o acervo.


Museu de História Natural "Wilson Estevanovic"

Shopping Centers

Shopping Center Uberaba

O Shopping Uberaba é o principal centro comercial de Uberaba, localizado na Avenida Santa Beatriz, no Bairro Santa Maria. Possui 165 lojas, totalizando 25000 m² de área bruta locável (ABL), possui faturamento anual na ordem de R$ 150 milhões e fluxo mensal de 600 mil consumidores. Foi premiado pela Associação Brasileira de Shopping Centers , Abrasce, por sua arquitetura moderna que deixa o ambiente mais agradável, sem muita utilização de luz e ar-condicionado e recebeu em 2010 o selo Empresa Cidadã. Em Outubro de 2008 o Shopping Uberaba iniciou as obras da primeira etapa de sua 3ª expansão, que ao final passará a ter cerca de 36.000m² de ABL e cerca de 53.000m² de área construída, contando com mais 3 Mega-Lojas, 2 Lojas Âncoras e mais 40 novas lojas, totalizando cerca de 250 lojas. Na 1ª etapa da 3ª Expansão, foi inaugurado um estacionamento subterrâneo, disponibilizando mais 250 vagas para carros e outras 400 vagas para motos, totalizando mais de 1.500 vagas de estacionamento. Atualmente estão em andamento as obras da 3ª expansão, prevista para ser inaugurada no fim de 2011, antes do Natal.


Shopping Uberaba após sua 3° Expansão.

-
Outros Shoppings
Além do Shopping Uberaba e Manhattan; Uberaba conta, na área central, com o Shopping José Generoso Lenza, o Shopping Center Urbano Salomão e o Elvira Shopping, que ainda prestam diversos serviços e têm variadas opções em roupas, calçados, acessórios e alimentação para a população uberabense.

Manhattan Center Shopping

O Manhattan Center Shopping ou Shopping Manhattan, foi até meados de 1999 o principal shopping da cidade. Ele possui 2 pavimentos interligados por escadas e um elevador panorâmico e um 3ºpiso onde funciona seu estacionamento. São 9.755m² de área bruta locável onde funcionam 93 lojas com fluxo mensal de 20 mil consumidores. Hoje, o Shopping Manhattan começa a receber novas lojas de variados segmentos em função da falta de espaço no Shopping Uberaba.
Manhattan Center Shopping
Novo Shopping

Há um projeto para a construção de um segundo shopping regional em Uberaba. Quando o projeto for efetivado, a construção ficará a cargo do Grupo Orca que detém uma das principais construtoras do Brasil, com sede em Goiânia. O Shopping contará com 300 lojas de porte nacional e será anexo ao Carrefour. A construção ocupará todo o estacionamento do Carrefour, assim como a área ao lado do hipermercado na avenida Pedro Salomão. Terá estacionamento no Subsolo, 3 pavimentos, boliche, cinema, academia e praça de alimentação; contando com uma moderníssima estrutura de elevadores panorâmicos e escadas rolantes. São potenciais investidores o Grupo Orca e o Instituto gestor do Fundo de Pensão da Caixa Econômica Federal (FUNCEF). Na totalidade estão projetados investimentos com cerca de R$50 milhões na primeira etapa do shopping. O projeto prevê a construção de um hotel na localidade.

Complexo Manhattan

O Complexo Manhattan é uma torre de 28 pavimentos, e 110 metros. O edifício é o número 123 na lista dos edifícios mais altos do Brasil, sendo o 2º maior de Minas Gerais. O Complexo Manhattan está localizado em frente à Praça Frei Eugênio, no centro de Uberaba. O edifício funciona com duas finalidades distintas. A torre que se encontra na praça Frei Eugênio é um hotel de alto padrão e luxo, com um restaurante no último andar, tendo vista para toda Uberaba. A parte inferior é formada pelo Shopping Manhattan.


Complexo Manhattan

Esportes

Futebol
Uberaba ganhou a taça Minas em 2009

Uberaba tem atuando profissionalmente: Uberaba Sport Club, Nacional Futebol Clube e Independente Atlético Clube (Uberaba). Os três maiores estádios da cidade são:
Estádio Municipal Engenheiro João Guido - É o maior da cidade, com capacidade máxima de 33000 pessoas. Pertence a cidade, jogando nele Uberaba Sport Club e Nacional Futebol Clube (Uberaba).

Estádio Boulanger Pucci - É a sede do Uberaba Sport Club, e tem capacidade de 7000 pessoas aproximadamente.

Estádio Juscelino Kubitschek - É a sede do Nacional Futebol Clube (Uberaba).



Estádio Municipal Engenheiro João Guido
-
Handebol

Possui uma equipe com renome nacional, o time do Anubis, Hexacampeão do Jimi , Campeão Mineiro, cotado para jogar o Brasileiro daqui alguns anos , alem disso a cidade dispõem de vários jogadores na seleção mineira e brasileira de handebol , seus principais jogadores são : Ygor - Brasil Sub-17 . Leandro Presunto Brasil , Guilherme Arantes - Brasil,Felipe Speltz atualmente jogando na Europa,Guilherme Jabazim(Atualmente no CORO) e possui um grande mestre como técnico Kareal Avelar,grande ex-jogador de handebol no Brasil, este jogador célebre pela sua criatividade e gols; No feminino a cidade esta entre as 5 melhores na modalidade (Estado de MG) .

Vôlei

A cidade possui as equipes Arena Minas , Sesi , Jockei Club e Uirapuru . A equipe de maior maior renome é o Arena Minas , tri campeão Paulista , bi Brasileiro , hexa regional em todas as categorias , campeão do Jimi e do Nacional e a cidade também possui o ex-jogador de vôlei Rodrigo Avelar , jogador da seleção. Nos anos 90 a time do UTC ficou célebre, pois tinha uma equipe campeã, com destaques para Leo Mio, Negueti, Keillor, estes três atacantes que marcaram história ; o feminino tem 2 equipes , Arena Minas e o Jockey Club, ambas com renome estadual .

Basquete
A equipe feminina de Uberaba é a atual vice-campeã nacional , a equipe é uma das principais do Brasil , e a melhor equipe em Minas Gerais.

Karatê
Uma das cidades brasileiras polos em atletas desse esporte , a cidade e a 3° melhor cidade na modalidade em Minas Gerais e está entra as 10 mais competitivas na América Latina. Em 2009 entrou para o esporte o sr. Lúcio Adamastor, que mesmo com idade avançada conseguiu grandes conquistas em torneios da cidade.

Futsal
Uberaba possui algumas equipes semi-profissionais, que leva o nome de Uberaba para todo o Brasil e América Latina. A cidade tem muitos títulos e participações em sua história. Já foi 3°lugar no Campeonato Brasileiro , venceu por 13 vezes o JIMI ,e é pentacampeão mineiro. Participou do campeonato Sul-Americano de Futsal no ano de 1993. Hoje a equipe não tem a mesma força do passado.

Atletismo
A força do atletismo de Uberaba e uma força nacionalmente reconhecida , com atletas participando de Olimpíadas , Pan-americanos. O Último grande nome da cidade foi Andre Ramos , que participou da maratona nas Olimpíadas , mas houve sua desistência no km 29. O atleta já ganhou maratonas no Egito , Alemanha , Itália e participou de outras provas importantes no mundo.

Natação
Uberaba possui uma equipe competitiva de natação , possuindo vários centros de treinamentos , e tem vários atletas de nível nacional que estão no Minas Tênis e Pinheiros. A cidade tem um centro mirim de treinamento , para descobrir novos atletas que um dia representarão o Brasil em grandes competições .

Rugby
Mesmo o Rugby não seja um esporte tão cultuado no Brasil quanto em outros países, este é o segundo esporte mais praticado no mundo. Em Uberaba o único time foi criado no começo de 2010, o Taurus Rugby UFTM representa a cidade de Uberaba. Tal time apresenta como elenco alunos da UFTM. Ainda que jovem, este tem grandes pretensões e objetivo o desenvolvimento de um time sério, dentro do patamar do rugby nacional e que possa fazer jus à toda sua representatividade do povo Uberabense.
-
Eventos
Axé Uberaba

Realiza-se, no segundo semestre, o Axé Uberaba, um dos maiores eventos do gênero no Brasil com 3 dias de festas, geralmente no mês de outubro.
O Axé Uberaba tem uma grande estrutura com camarote,área do bloco e espaço para a pipoca, tudo para os foliões curtirem os três dias de festa com segurança e conforto.
-
Expozebu

Foi fundada em 1934 e é uma das principais atrações turísticas de Uberaba. A Expozebu (maior exposição de gado zebu do mundo), se realiza anualmente no mês de maio, atraindo pessoas de várias partes do país e do exterior. Além de atrações como Rodeios, Shows musicais e a própria exposição, serve como ponto de encontro da cadeia produtiva da carne e do leite. Reúne mais de 3 mil animais das raças zebuínas - nelore, nelore mocho, gir, guzerá, tabapuã, indubrasil e sindi - que são julgados e premiados. Publica uma revista bimestral, e organiza cursos, congressos e seminários. O presidente da ABCZ é hoje o pecuarista José Olavo Borges Mendes



Centro Park

Criado com o objetivo de abrigar os grandes eventos de música, tirando do meio da cidade as atividades que geram grande ruído, o local foi inaugurado em fevereiro deste ano, durante o carnaval com o Axé Uberaba 2008.

Feirarte
Centenas de expositores realizam esta feira, comercializando artesanato em geral, artigos de decoração, vestuário, acessórios e alimentos. São realizados ainda shows com artistas locais.

Maktub
Uma das maiores festas árabes do Brasil, realizada sempre no mês de novembro, onde um espetáculo com cerca de 180 dançarinas e dançarinos apresenta as diversas modalidades de danças árabes de todos os tempos.

Religião

As religiões predominantes são: Catolicismo, Espiritismo e Protestantismo. Entre as festas religiosas tradicionais em Uberaba incluem-se a Folia de Reis e a Festa de Nossa Senhora da Abadia que no dia 15 de agosto de 2007 foi reconhecida pela Igreja Católica e pelo Prefeito Anderson Adauto como a Padroeira Principal de Cidade de Uberaba, esta última na praça e bairro com o mesmo nome.



Igreja e museu de arte sacra Santa Rita

Uma grande festa religiosa que Uberaba celebra é a festa de Nossa Senhora Da Abadia que é a Padroeira de Uberaba. A festa de Nossa Senhora D'Abadia que começa no dia 1º de agosto e se estende até o dia 15 de agosto que é o dia da festa. No dia 15 de agosto o povo uberabense levanta bem cedo com muita fé no coração para homenagear a Senhora D'Abadia em uma grande alvorada festiva. Ao final da tarde há uma belíssima coroação que é assistida por mais de 100 mil pessoas e logo após sai uma enorme procissão luminosa pelas ruas de Uberaba.
A Igreja Santa Rita, construída no ano de 1854 e tombada pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em 1939 atrai muitos turistas. O acervo rico em peças barrocas dos séculos XVIII e XIX, reúne peças doadas pela Cúria Metropolitana, destacando-se as seções de vestes sacras, estandartes de procissões tais como paramentos, alfaias, imagens e mobiliário.
Existem aproximadamente 700 Testemunhas de Jeová em Uberaba, divididas em 10 congregações sendo que uma em Libras- Língua Brasileira de Sinais. Existe atualmente 9 Salões do Reino nos quais estão divididas todas as 10 congregações.

Os Salões do Reino são os locais de reuniões da congregação local das Testemunhas de Jeová. O nome Salão do Reino foi adaptado em 1935, por sugestão de Joseph Franklin Rutherford. Regra geral, cada congregação, ou algumas em conjunto, possuem o seu próprio Salão do Reino. Existem atualmente mais de 100.000 congregações formadas em todo o mundo. Todos os edifícios são alugados ou são propriedade legal da organização das Testemunhas de Jeová do país, registados em associações religiosas regionais sem fins lucrativos.
-
Francisco Cândido Xavier, "Chico Xavier"
Médium nascido em 2 de abril de 1910 em Pedro Leopoldo-MG e radicado em Uberaba desde 1959. Faleceu a 30 de junho de 2002, “em um dia de grande alegria para o povo brasileiro”, conforme houvera prometido em vida (Dia em que o Brasil sagrou-se pentacampeão mundial de futebol em Yokohama, Japão).
De origem humilde, tornou-se mundialmente conhecido por sua obra espírita e pela atenção e carinho dispensados a todos os que o procuravam em busca de auxílio espiritual, na Casa da Prece. Mais de quatrocentos livros por ele psicografados já foram editados, alguns em vários idiomas. Codinomeado pela comunidade espírita como “O Consolador”.
No ano de 2000 foi escolhido “O Mineiro do Século” e o Governo do Estado de Minas Gerais instituiu a “Comenda da Paz Chico Xavier”, outorgada anualmente a pessoas ou entidades que trabalham pela paz.



Seu primeiro livro, Parnaso de Além-Túmulo, com 256 poemas atribuídos a poetas mortos, entre eles os portugueses João de Deus, Antero de Quental e Guerra Junqueiro, e os brasileiros Olavo Bilac, Cruz e Sousa e Augusto dos Anjos, foi publicado pela primeira vez em 1932. O livro causou muita polêmica nos círculos literários da época. O de maior tiragem foi Nosso Lar, com cerca de milhão e trezentas mil cópias vendidas, atribuídas ao espírito André Luiz, primeiro volume da coleção de 17 obras, todas psicografadas por Chico Xavier, algumas delas em parceria com o médico mineiro Waldo Vieira.
-
História de Uberaba por Vigário Silva : http://www.siaapm.cultura.mg.gov.br/modules/brtexport/index.php?cid=15&mid=31&full_pdf=1


Sessão Fotografias de Uberaba - Ontem - Hoje

Leopoldino em 1961


Nome Atual: Avenida Leopoldino de Oliveira
Nome Anterior: Avenida Leopoldino de Oliveira

Fonte: Arquivo Público Municipal
Autor Fotógrafo: José Kalkbrenner F
Autor Restauração: Paulo Lemos
Referência: Av Leopoldino de Oliveira
Data: 1961



Córrego da Lage, com o canal aberto e parapeitos, próximo à ponte, no cruzamento da Av. Leopoldino de Oliveira com a Rua Artur Machado (Centro - 1961)

Histórico - Avenida Leopoldino de Oliveira

"Em 1928, o Agente Executivo Dr. Olavo Rodrigues da Cunha desapropriou, por utilidade pública, os terrenos necessários à abertura de uma Avenida, entre a Rua Artur Machado e o Mercado Municipal, mas, somente em 1937 é que foram iniciadas as obras de canalização do Córrego da Lage, calçamento de paralelepípedos, meio-fio, passeios de ladrilhos, curvas e terraplanagem, entre a Rua Artur Machado e Segismundo Mendes.
Procedida a concorrência pública, foi contratado o Engenheiro Hugo Melo Matos de Castro para a execução das obras, que foram abandonadas pelo mesmo. A Prefeitura Municipal rescindiu o contrato, fez a concorrência pública, transferindo-o para o Engenheiro Civil Abel Reis, que concluiu as obras.
O Decreto nº. 50, de 05 de março de 1938, denominou o logradouro de Avenida Leopoldino de Oliveira e o Decreto nº. 69, de 10 de maio de 1938, proibiu a construção de prédios ou quaisquer imóveis às margens dos córregos que atravessavam a cidade, na área urbana.
O Decreto nº. 50, de 05 de março de 1938, denominou o logradouro de Avenida Leopoldino de Oliveira e o Decreto nº. 69, de 10 de maio de 1938, proibiu a construção de prédios ou quaisquer imóveis às margens dos córregos que atravessavam a cidade, na área urbana. 


A extensão da avenida entre as Ruas Artur Machado e Senador Pena se deu em 1939, e a execução dos passeios laterais ao canal da mesma, em 1943.
A Portaria nº. 301, de 18 de janeiro de 1945, aprovou o prolongamento da Avenida entre as Ruas Senador Pena e Jaime Bilharinho e também a construção das Avenidas Santos Dumont e Dr. Fidelis Reis.
Na década de 1970, a Avenida foi prolongada da Rua Jaime Bilharinho até a Rua Álfen Paixão, Bairro Mercês; e da Praça Cel. Manoel Terra até a Rua Osvaldo Cruz.
Procedeu-se, ainda, a cobertura do Córrego da Lage.
Com o crescimento da cidade, a Avenida Leopoldino de Oliveira foi se prolongando, entre as décadas de 1980 a 1990.
A partir do Conjunto Habitacional Manoel Mendes, a avenida recebeu o nome de Avenida Niza Marquês Guaritá, e a partir da Rua Álfen Paixão, na Univerdecidade, de Complexo Hugo Rodrigues da Cunha."


(ARQUIVO PÚBLICO DE UBERABA, 2001)

Nome Atual: Centro de Uberaba/Estádio Uberabão


Fonte: Arquivo Público de Uberaba
Autor Fotógrafo: Desconhecido
Autor Restauração:
Referência: Centro de Uberaba/Uberabão
Data: 1976




Foto:
Vista Aérea do Centro da cidade. Em destaque, o Estádio Uberabão.

Praça da Concha Acústica

Nome Atual: Praça Afonso Pena (Praça da Concha Acústica)
Nome Anterior: Praça Afonso Pena

Fonte: Arquivo Público Municipal
Autor Fotógrafo: Não Identificado
Autor Restauração: Paulo Lemos
Referência: Praça Afonso Pena
Data: 1929

Ontem
Praça Afonso Pena Acústica (Bairro Estados Unidos - 1960). Na foto, destaca-se a famosa e grandiosa gameleira, derrubada para a implantação da nova praça.
-
Hoje
Histórico - Praça Afonso Pena 
"Começa na rua Artur Machado e termina, em cima, à direita, onde começa a rua Bernardo Guimarães e, à esquerda, no princípio, na rua Marquês do Paraná. Foi outrora, 1908, magnificamente ajardinada, tendo ao centro uma gameleira secular.
Abriu-se em 1889, quando a rua do Comércio, atual rua Artur Machado, se prolongou da rua Padre Zeferino até à Estação da Mogiana. Tomou nesse tempo, o nome de Praça 'Dr. Crispiniano Tavares' que, em 1900, se mudou para Praça da 'República'. Em 1908 passou a chamar-se 'Rui Barbosa'."
(PONTES, 1978, p.277-278).

(Obs: O historiador Hildebrando de Araújo Pontes viveu no período de 1879 a 1940.)
Nome Atual: Cine Teatro São Luiz
Nome Anterior: Cine Teatro São Luiz

Fonte: Arquivo Público de Uberaba
Autor Fotógrafo: Marcellino Guimarães
Autor Restauração:
Referência: Cine Teatro São Luiz
Data: 1900



Cine Teatro São Luiz (Praça Rui Barbosa - Centro - 1900)

Histórico - Cine Teatro São Luiz
"A arte dramática, no Triângulo Mineiro, escreve o Dr. Hildebrando Pontes (Almanaque Uberabense, de 1907), teve como iniciador o Padre Zeferino Batista do Carmo, que era, também, um brilhante compositor, apaixonado pela música.
Grupos de amadores improvisavam palcos nas ruas e nos quintais. Em 1862, diz o nosso ilustre e saudoso historiador, no referido trabalho, fundou-se nesta cidade a ‘Companhia Dramática Uberabense’, tendo como sócios, entre outros, João Pedro de Antióquia Barbosa, Major Antônio Cesário da Silva e Oliveira, Tenente Maximiniano José de Moura, Fernando Vaz de Melo, Dr. Henrique Raimundo Des Genettes, Tenente Venceslau Pereira de Oliveira.
Formando o capital de CR$. 2.250,00, com ações de CR$. 50,00, adquiriu dos herdeiros do Major Salvador Ferraz de Almeida o terreno onde, hoje, se ergue o Cine Teatro São Luís, à Praça Rui Barbosa. Muito auxiliado pelo Sr. Elias Martins Marques, que contribuiu com a quantia superior a CR$. 600,00 (naquela época...), construiu o teatro, que foi inaugurado em maio de 1864, por ocasião da Festa do Divino.

O 'Pano de Boca', feito pelo tabelião Luís Beltrão de Sousa Fleuri, inspirado pelo Cel. Carlos José da Silva e por Francisco Rodrigues de Sousa, representava o acontecimento que deu a esta região o nome de 'Farinha Podre'. Depois de algumas séries de espetáculos, o teatro ficou abandonado, em 1871. O Dr. Henrique Raimundo Des Genettes (o fundador da imprensa do Triângulo Mineiro), com um grupo de amadores (Antônio Pereira Magalhães, Tenente Venceslau Pereira de Oliveira, Galdino Soares Pinheiro, Zeferino Borges Sampaio e outros), conseguiu reerguê-lo.
Houve novo 'Pano de Boca', pintado pelo uberabense Cândido de Cássia e Oliveira (Cândido Pintor) que, na Escola de Belas Artes do Rio de Janeiro, alcançara medalhas de ouro e prata: representava a ‘Passagem do Humaitá’.
Depois de um período de vida brilhante, o teatro caiu novamente em abandono, arruinando-se. O teatro passou por diversas transformações e modificações. (...) Em 1903, o Major Anthero Ferreira da Rocha, Agente Executivo, mandou reconstruir inteiramente o teatro, gastando grande quantia.
(...) Finalmente a Lei Municipal nº 529, de 08 de maio de 1926, autorizou ao Sr. Agente Executivo a conceder a Orlando Rodrigues da Cunha e Dr. Olavo Rodrigues da Cunha, para a construção de um teatro nesta cidade, o terreno situado na Praça Rui Barbosa, onde existia o Teatro São Luís” (MENDONÇA, 1974, p.53-55 ).
Fundado em 1930, sob a razão social de Orlando Rodrigues da Cunha e Cia Ltda, reunido em cotas os senhores Antônio Martins Borges e Agenor Fontoura Borges, a firma imediatamente deu início à construção do Cine Teatro São Luís, à Praça Rui Barbosa, confiando aos construtores Santos Guido, Cunha & Cia. Ltda. Finalmente sua inauguração se deu em 25 de maio de 1931."
(ARQUIVO PÚBLICO DE UBERABA)

Nome Atual: Hospital São José
Nome Anterior: Casa de Saúde Santa Rita/Casa de Saúde São José

Fonte: Arquivo Público Municipal
Autor Fotógrafo: Não identificado
Autor Restauração: Paulo Lemos
Referência: Hospital São José
Data: 1939




Casa de Saúde Santa Rita (Rua Santo Antonio - Centro - 1939)

Histórico - Hospital São José
"A Segunda Casa de Saúde Santa Rita foi construída pelos sócios, Dr. Olavo Rodrigues da Cunha, Dr. Jorge Frange, Dr. Luiz de Paula e Dr. Carlos Terra.
A construção ficou a cargo do construtor Santos Guido. Sua inauguração aconteceu no dia 11 de setembro de 1932. O Dr. José Humberto Rodrigues da Cunha, proprietário da Casa de Saúde São José, situada na Praça Rui Barbosa nº 57, necessitando ampliar o hospital, adquiriu em novembro de 1941, a Casa de Saúde Santa Rita.
No início de 1952, o Dr. José Humberto contratou os serviços do Engenheiro Dr. Alberto de Oliveira Ferreira e deu início à construção de um edifício anexo à Casa de Saúde São José, que foi inaugurada em 19 de julho de 1953."
(ARQUIVO PÚBLICO DE UBERABA)

Nome Atual: Praça Comendador Quintino
Nome Anterior: Largo da Piedade, Largo do Pascoal

Fonte: Arquivo Público de Uberaba
Autor Fotógrafo: Marcellino Guimarães
Autor Restauração:
Referência: Praça Comendador Quintino
Data: 1930 (década)



Praça Comendador Quintino (Bairro Estados Unidos - Década de 1930/40)


Histórico - Praça Comendador Quintino
A praça Comendador Quintino localiza-se no bairro Estados Unidos.
“Antigamente, o local da praça e suas adjacências, se conheciam por ‘Morro Plano’, ‘Alto das Cavalhadas’ porque ali na planura se realizavam estas, e ‘Alto do Rosário’.
O primeiro a construir casa nessa praça foi o Sr. Pascoal Toti, em 1881, na esquina oriental da Av. João Pessoa*, onde fundou tempos depois a primeira Fábrica de Cerveja de Uberaba, dita da ‘Liberdade’.
A praça primitivamente se chamou ‘Largo da Piedade’, porque os respectivos habitantes pretendiam erigir uma igrejinha com a invocação de Nossa Senhora da Piedade; mas, não o fazendo, aquele nome se perdeu, e o vulgo deu lugar ao de ‘Largo do Pascoal’, que se conservou durante muitos anos, até que, em 1894, se mudou para ‘Comendador Quintino’."
(PONTES, 1978, p. 282).

(Obs: O historiador Hildebrando de Araújo Pontes viveu no período de 1879 a 1940.)

******

"Em 1929, a Câmara Municipal, abolindo o referido nome, denominou-a de praça Dr. Olavo Rodrigues da Cunha. A Portaria nº 69, de 25 de Outubro de 1930, voltou a denominar a referida praça de Comendador Quintino.
Hoje ela é popularmente conhecida como “Praça do Grupo Brasil”.

Nome Atual: Aeroporto de Uberaba
Nome Anterior: Aeroporto Santos Dumont

Fonte: Ademir Garcês - via email
Autor Fotógrafo: Colombo
Autor Restauração: -
Referência: Aeroporto de Uberaba
Data: 1950 (década)




Aeroporto de Uberaba na década de 1950 (enviada por Ademir Garcês por email).

Histórico - Aeroporto de Uberaba
"O Aeroporto de Uberaba teve sua inauguração na década de 1930. Em 23 de maio de 1935, através do Decreto Nº 660, passou a denominar-se Aeroporto Santos Dumont. A inauguração do aeródromo, hangar e bar, se deu em 16 de junho de 1935; contando com a presença do Frei Dom Luís Maria Santana, que procedeu a benção oficial do local e demais dependências. José Coelho, proprietário da carpintaria central, foi o construtor do hangar e do bar do Aeroporto Santos Dumont.
Em 29 de janeiro de 1937, o hangar foi reformado, em virtude do mesmo ter sido danificado por um forte tufão que passou pela cidade de Uberaba.
Por determinação do Decreto de Lei, Nº 3006, em 13 de junho de 1980, o Aeroporto Santos Dumont passou a denominar-se Aeroporto Mário de Almeida Franco.
A coordenação dos serviços de infra-estrutura do aeroporto local ficam a cargo da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (INFRAERO)."
Nota: "Embora o aeroporto tenha recebido os nomes de Aeroporto 'Santos Dumont' e 'Mário de Almeida Franco'; a INFRAERO, a quem pertence, o chama de 'Aeroporto de Uberaba'."
(ARQUIVO PÚBLICO DE UBERABA)

Nome Atual: Grupo Escolar Brasil
Nome Anterior: Grupo Escolar Brasil

Fonte: Arquivo Público de Uberaba
Autor Fotógrafo: Desconhecido
Autor Restauração:
Referência: Grupo Escolar Brasil
Data: 1919



Grupo Escolar Brasil - Curso profissionalizante ministrado pelo Professor Arnold Magalhães - Trabalhos em vime (Praça Comendador Quintino - Bairro Estados Unidos - Década de 1919)

Nome Atual: Exposição de Gado
Nome Anterior: Exposição de Gado

Fonte: Maria Antonieta Borges Lopes
Autor Fotógrafo: Desconhecido
Autor Restauração:
Referência: Exposição de Gado
Data: 1911



Exposição de Gado - Realizada em Uberaba (MG) em 1911. Prado de São Benedito.

Histórico - Sobre o Zebu em Uberaba
"No derradeiro quartel do século XIX, o Brasil Central, debatendo-se contra a degenerescência da sua pecuária bovina, lançou mão de reprodutores bovinos de todas as raças que em outros centros do país iam chegando. Mas, o resultado foi negativo. Os criadores do Brasil Central sem um minuto de desfalecimento, lançaram mão da raça zebu que veio, de uma vez, resolver a questão, mau grado a terrível campanha que os criadores paulistas, mineiros e outros fizeram e muitos ainda hoje fazem. E a luta vem de longe. Foi em 1875 que se introduziram, no Triângulo, os primeiros exemplares de gado de raça zebu. O major José Inácio de Melo França, natural de Desemboque, adiantado criador e proprietário da fazenda Santa Rosa do Rochedo, município de Jataí, Estado de Goiás, falecido a 7 de setembro de 1929, asseverou-me que, em 1875, se achando no Rio de Janeiro, fora passear em Santa Cruz, e aí comprara. diversos reprodutores bovinos de raça zebu que trouxera para o município de Uberaba. Eram exemplares da variedade "Nelore" e os primeiros daquela raça aqui introduzidos.
[...]

Nome Atual: Universidade de Uberaba - UNIUBE
Nome Anterior: Faculdades Integradas de Uberaba - FIUBE

Fonte: Marco Antonio Borges Cherulli
Autor Fotógrafo: Henriot Cherulli
Autor Restauração:
Referência: UNIUBE
Data: 1974



Faculdades Integradas de Uberaba - FIUBE - 1974

Nome Atual: Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Nome Anterior: Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro

Fonte: Arquivo Público de Uberaba
Autor Fotógrafo: Colombo
Autor Restauração:
Referência: Universidade Federal do TM
Data: 1950 (década)


Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro - Praça Manoel Terra (Bairro Nossa Senhora da Abadia - Década de 1950)

Histórico - Universidade Federal do Triângulo Mineiro
"O prédio, que hoje abriga a UFTM (Universidade Federal do Triângulo Mineiro), foi construído no começo do século XX e serviu, inicialmente, para abrigar a Penitenciária de Uberaba. Sua planta foi assinada pelo arquiteto Luigi Dorça.
No ano de 1954, passou a ser ocupado pela Faculdade de Medicina de Uberaba. A federalização da Faculdade ocorreu no dia 18 de outubro de 1960, pela Lei n.º 9856, assinada pelo Presidente da República, Juscelino Kubitschek, acompanhado do Deputado Federal, Mário de Assunção Palmério.
Em 2005, o complexo educacional, conhecido como FMTM (Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro), ampliou-se, transformando-se, na Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM)."
(ARQUIVO PÚBLICO DE UBERABA)


Prefeitos da Cidade

Anderson Adauto Pereira
2005-2008/2009-2012

Odo Adão
2004

Marcos Montes Cordeiro
1997-2000/2000-2004

Luiz Guaritá Neto
1993-1996

Wagner do Nascimento
1983-1988

Silvério Cartafina Filho
1977-1983

Hugo Rodrigues da Cunha
1973-1977/1989-1992

Arnaldo Rosa Prata
1971-1973

Randolfo Borges Júnior
1970-1971

João Guido
1967-1970

Jorge Henrique Marquez Furtado
1959-1963

Arthur de Mello Teixeira
1955-1959/1963-1967

Antônio Próspero
1951-1955

José Pedro Fernandes
1951

Luiz Boulanger Rodrigues da Cunha Castro Pucci
1947-1951

Mizael Cruvinel Borges
1947

João Carlos Belo Lisboa
1947

Lauro Fontoura
1946

Carlos Martins Prates
1943-1946

Whady José Nassif
1937-1943

Menelick de Carvalho
1936-1937

Paulo Andrade Costa
1935-1936

Adolfo Soares Pinheiro
1935

Horácio Bueno de Azevedo
1935

João Euzébio de Oliveira
1935

Guilherme de Oliveira Ferreira
1930-1935

Olavo Rodrigues da Cunha
1927-1930

Geraldino Rodrigues da Cunha
1924-1927

Leopoldino de Oliveira
1923-1925

João Henrique Sampaio Vieira da Silva
1920-1922

Monsenhor Ignácio Xavier da Silva
1916-1920/1921-1922

Silvino Pacheco de Araújo
1916-1920

Hildebrando de Araújo Pontes
1915

Silvério José Bernardes
1913-1915

Major Manoel Alves Caldeira Junior
1911-1912

Philippe Aché
1908-1911

Coronel Manoel Terra
1902-1903/1905-1907/1920 e 1923

Antônio Garcia Adjuto
1903-1904

Anthero Ferreira da Rocha
1901-1902
Gabriel Orlando Teixeira Junqueira
1892-1894/1898-1901

Wenceslau Pereira de Oliveira
1890-1892/1895-1897

José Joaquim de Oliveira Teixeira
1887-1890

Pedro Floro Gonçalves dos Anjos
1883-1887

Antônio Borges Sampaio
1878-1883

Joaquim José de Oliveira Penna
1877-1878

Francisco Ferreira da Rocha
1873-1877

José Teixeira Alves de Oliveira
1869-1873

Henrique Raimundo dês Genettes
1865 - 1869

José Ferreira da Rocha
1861 - 1865

Joaquim Antônio Rosa
1854 - 1857

Francisco Rodrigues de Barcelos
1845-1851/1857-1861

Antônio José da Silva (Vigário Silva)
1841-1845/1851-1854

Capitão Domingos da Silva e Oliveira
1837-1841
-
Prefeito Atual :

Prefeito: Anderson Adauto Pereira

Mandatos: 2005-2008/2009-2012

Histórico:
Para o mandato de 2005 a 2008, foi eleito para Prefeito Municipal, Anderson Adauto Pereira, que foi reeleito para o mandato de 2009 a 2012.




Links para esta postagem |

Copyright © 2009 Reunião das ideias maltrapilhas All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive. Distribuído por Templates